mínimo diário - site

mínimo diário

oi! somos ana, paulo y vinicius.
inventamos outras artes-histórias.
fica o convite  para o encontro!

 
Papelão vira livro

Já pensou em fazer um livro com papéis de reuso? Paulo compartilha Restos diários, uma das oficinas de livros esquisitos.

#culturaemcasa #culturasp

 

Deixe seu e-mail e te enviamos novidades

Fique por perto

Escritas, memórias e histórias

Quem somos

mínimo diário é ana, paulo e vinicius. Somos um coletivo de outras artes-histórias, nascido em 2014, em São Paulo de Piratininga. O fio que nos conduz é a criação de encontros entre a encadernação, o oficinar e a invenção de histórias.

 

Em nossos fazeres educativos buscamos lidar com materiais de reuso, experimentando suas possibilidades. Quais histórias aquele fiapo de fio ou rasgo de papel podem nos contar? Também propomos que os encontros possam ser efetuados de forma coletiva, em que a criação se dê na relação entre as participantes, e que histórias e memórias possam brotar.

Nesse caminhar já fizemos mais de 100 encontros educativos e criamos em torno de 20 publicações independentes, entre livros, zines e agendas. Desde 2017, atuamos com a Flora Cartonera, nosso selo editorial de publicações cartoneras.

Somos feitos na invenção de sentidos, o mundo está em construção.

 

​mínimo diário, coletivo de outras artes-histórias

primavera de 2020, em são paulo de piratininga

#InventeUmMeio #QualÉOTeuGesto #AceiteOsErros #OutrasVozes

  • mínimo diário - Instagram
  • mínimo diário - Facebook
  • mínimo diário - YouTube